Como organizar as finanças da sua empresa em 3 passos

4Invest

Organizar as finanças de uma empresa não é nada fácil, tanto que se tornou o problema número um de muitos empresários e profissionais da área. Independentemente do tamanho da sua empresa, prestar atenção aos processos financeiros é essencial para atingir objetivos organizacionais.

 

Em determinado momento, é preciso organizar o setor e profissional processos. Abandonar os velhos hábitos, portanto, é investir em gestão financeira de qualidade. Por isso, a 4Invest traz um passo a passo para você organizar as finanças da sua empresa e nunca mais perder o controle sobre a área financeira:

 

 

1 Tenha um orçamento anual de custos e receita

Ter um orçamento anual é o primeiro passo para entender tudo o que você vai ter de custos e tudo o que vai ter de receita num período de doze meses. É neste momento que empresários e o setor financeiro precisam fazer um balanço anual. Assim, terão uma previsão de valores que definirá as ações táticas da empresa no período.

 

A pergunta é: como você conseguirá saber os valores que terá para gastar e receber? Simples, basta olhar para o seu histórico financeiro e calcular uma média. Com esta prática, então, você terá números realistas e aproximados do real. Saberá quanto poderá gastar, quando precisará pagar de contas e o que sobrará para investir.

 

 

2 Registre e acompanhe as movimentações financeiras

Com um orçamento anual definindo os seus limites e orientando as decisões financeiras da empresa, fica muito mais fácil organizar as finanças e as tarefas operacionais do setor. O próximo passo natural, então, é instituir uma rotina diária e um canal para os registros de movimentações financeiras.

 

Você pode escolher qualquer canal para os registros diários (sejam as planilhas ou softwares de gestão), mas tendo controle sobre o fluxo de caixa, a situação financeira da empresa estará sempre muito clara. Nesse processo, procure trabalhar com categorias que acabarão servindo como métricas para tomadas de decisão posteriores, como a receita de produtos vendidos, saídas para despesas operacionais, despesas para salários de funcionários, custos fixos e variáveis, etc.

 

Leia também: Imóvel próprio ou aluguel: o que é melhor para sua empresa?

 

3 Avalie os resultados mensalmente

organizar as finançasAvaliar os resultados financeiros é determinante para entender a situação econômica da empresa e para tomar decisões sobre os próximos passos estratégicos. Com a análise dos números do seu setor, você saberá se teve lucro ou prejuízo. Mas, também, se os objetivos organizacionais serão atingidos nas datas estipuladas pela diretoria.

 

A verdade é que nenhuma organização está no caminho certo se você não tiver como medir os resultados. Então, defina as métricas mais importantes para a avaliação e estruture a análise e apresentação destes dados. Realizar relatórios não serve apenas para medir o desempenho da empresa, mas do próprio setor financeiro.

 

Esperamos que as dicas de como organizar as finanças da sua empresa tenham sido úteis. Caso você queira ir além e entender quais são os custos operacionais que você pode começar a reduzir agora, confira o artigo neste link.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta